No Brasil, as conexões entre o legal e o ilegal, crime e justiça, e institucionalidade e repressão levam à coexistência de sistemas paralelos e conflitantes de regulação da ordem urbana, afetados pelo funcionamento de mercados ilegais violentos, lucrativos e, muitas vezes, transnacionais. Quais são as dinâmicas de funcionamentos do tráfico de drogas em diferentes regiões do País? Como se dá a relação entre o lícito e o ilícito em territórios dominados pelo crime? Qual tem sido o resultado das estratégias adotadas pelo Estado para enfrentar a questão?Para ajudar a responder essas questões, a Fundação FHC, em parceria com o CEBRAP, a International Drug Policy Unit da London School of Economics (Reino Unido) e a Global Initiative Against Transnational Crime (Suíça) promovem o debate “Mercados Ilícitos e Desenvolvimento no Brasil”.O evento marca o lançamento da edição especial da Revista sobre Mercados Ilícitos e Desenvolvimento, da London School of Economics, que conta com artigos sobre diversos aspectos relacionados aos mercados ilícitos no Brasil.A revista tem acesso aberto e pode ser acessada, em inglês e português, pelo site https://jied.lse.ac.uk/2/volume/1/issue/2/.

Programação click here

RSVP here

Share this article